O ministro da Economia, Paulo Guedes, desistiu de apresentar aos deputados da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a proposta que define novas regras para a Previdência. O ministro era esperado pelo colegiado nesta terça-feira (26/3) na parte da tarde e ida dele seria uma demonstração do governo de atenção com os deputados.

De acordo com nota divulgada pela assessoria de imprensa, “a ida do ministro da Economia à CCJ será mais produtiva a partir da definição do relator”, informou.

A pasta ainda informou que integrantes da equipe técnica e jurídica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho estão à disposição para representar o ministro Paulo Guedes na CCJ para esclarecer pontos da PEC 06/2019.

A condição estabelecida pelo ministro, de designação do relator, provoca um impasse, pois, em acordo com líderes partidários, o presidente da comissão, o deputado Felipe Francischini (PSL-GO), decidiu que a designação só ocorreria após a “melhoria do ambiente político”. A ida do ministro tinha por objetivo ajudar nesse diálogo.

Fonte: Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here