O governador Rui Costa (PT) determinou a imediata exoneração do pregoeiro oficial do Detran, Carlos Alessandro Lins e Silva, preso em novembro de 2013 por suspeito de participar de um esquema de fraudes bancárias na Bahia, Rio de Janeiro, Paraná e Espírito Santo.

Apontado como integrante de uma quadrilha especializada em obter empréstimos fraudulentos por meio de empresas de fachada, Lins e Silva foi capturado em um apartamento da Pituba, durante operação comandada pela Polícia Civil do Rio.

Fonte: FR-Fabio Roberto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here