Salvador tem três hospitais dedicados apenas para pacientes infectados pelo coronavírus

Salvador tem três hospitais dedicados exclusivamente a receber pacientes infectados pelo coronavírus: Espanhol, localizado na Barra; Ernesto Simões, no bairro de Caixa D’Água; e o Couto Maia, que fica em Cajazeiras.

Os pacientes em situação mais grave são internados na UTI, enquanto os de menor gravidade permanecem na enfermaria.

O Hotel Riverside e o Fazendão, antigo centro de treinamento do Bahia, ambos localizados em Lauro de Freitas, vão receber pacientes com outras enfermidades para abrir espaço nos hospitais para as pessoas infectadas pelo coronavírus.

De acordo com boletim mais recente divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), foram registrados mais oito pacientes com a COVID-19 no estado, totalizando 63 casos, sendo que 37 estão em Salvador, cidade que abriga o maior número.

Os outros municípios que registraram casos de coronavírus são: Porto Seguro (8); Feira de Santana (6); Lauro de Freitas (3); Prado (2); Itabuna (1); Camaçari (1); Barreiras (1); Conceição do Jacuípe (1); Juazeiro (1); Jequié (1); Brumado (1).

O diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades primárias de atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

Fonte: G1 BA



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *