Deputado que apalpou colega é denunciado por importunação sexual

O deputado Fernando Cury foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) por importunação sexual contra Isa Penna (PSOL). O parlamentar foi filmado apalpando o seio da também deputada durante uma sessão na Assembleia Legislativa (Alesp) em dezembro de 2020. A informação foi divulgada neste sábado (3) pelo jornal Estadão, mas a denúncia foi formalizada antes da Alesp aprovar o afastamento do deputado.

O documento foi assinado pelo Procurador-Geral de Justiça Mário Sarrubbo. O magistrado analisou o vídeo da sessão e sinalizou que os parlamentares não são amigos. De acordo com ele, Cury “se aproximou e, de forma acintosa, praticou atos de importunação sexual, com o objetivo de satisfazer a sua lascívia, sem o consentimento ou anuência da ofendida”.

Na sexta-feira (1), os deputados da Alesp aprovaram por unanimidade o afastamento do parlamentar pelo descumprimento do Código de Ética da Casa. Com a decisão, Cury ficará afastado das atividades por 180 dias. No lugar dele entrará o deputado Afonso Lobato (PV) na condição de suplente.

Fonte: bahia.ba